PUBLICIDADE

Ansitec (comprimido)

Princípios ativos: cloridrato de buspirona

ESTE TEXTO FOI EXTRAÍDO MANUALMENTE. CONSULTE SEMPRE A BULA ORIGINAL

Reações adversas de Ansitec

Assim como todos os medicamentos, Ansitec® pode causar efeitos secundários, no entanto nem todos os pacientes apresentarão. Informe seu médico ou o farmacêutico se apresentar algum destes efeitos, se eles se agravarem ou se detectar algum que não esteja listado abaixo.

Pare de tomar Ansitec® e fale com seu médico imediatamente se estiver utilizando algum medicamento inibidor da recaptação de serotonina, por exemplo, paroxetina e fluoxetina, ou se apresentar síndrome da serotonina (estado de confusão, inquietação, sudorese, tremor, calafrio, alucinação – visões ou sons estranhos – movimentos repentinos dos músculos ou batimentos cardíacos acelerados).

Avise seu médico se você apresentar algum dos efeitos listados abaixo:

- Reação muito comum (ocorre em 10% dos pacientes que utilizam este medicamento): tontura (incluindo vertigem), cefaleia (dor de cabeça), sonolência.

- Reação comum (ocorre entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento): nervosismo, insônia, distúrbios de atenção (concentração), depressão, estado confusional, alterações do sono, raiva; parestesia (sensação semelhante a alfinetadas), visão turva, coordenação anormal, tremor, tinido (zumbido no ouvido); taquicardia (aumento da frequência dos batimentos cardíacos), dor torácica (dor no peito); congestão nasal, dor faringolaríngea (dor de garganta); náusea (enjoo), dor abdominal, boca seca, diarreia, constipação, vômito; suor frio, erupção cutânea (lesões na pele); dor musculoesquelética; fadiga (cansaço).

- Reação rara (ocorre entre 0,01% e 0,1% dos pacientes que utilizam este medicamento): Edema angioneurótico (inchaço que ocorre sob a pele), equimose (mancha arroxeada na pele causada por infiltração de sangue nos tecidos), urticária (placas avermelhadas na pele com coceira e/ou queimação).

- Reação muito rara (ocorre em menos de 0,01% dos pacientes que utilizam este medicamento): transtornos psicóticos, alucinação, despersonalização, labilidade emocional; Síndrome seratoninérgica (estado de confusão, inquietação, sudorese, tremor, calafrio, alucinação–visões ou sons estranhos – movimentos repentinos dos músculos ou batimentos cardíacos acelerados), convulsão, visão estreita (em túnel), sintomas extrapiramidais (tremor, fala arrastada, acatisia, distonia, ansiedade e angústia), reações distônicas e rigidez em roda denteada (rigidez muscular com movimentos circulares irregulares), discinesia (movimentos corporais involuntários), distonia (espasmo muscular que pode afetar a postura), desmaios, amnésia (perda da memória), ataxia (perda do controle muscular ou coordenação), parkinsonismo, acatisia (dificuldade de se manter sentado), sindrome das pernas inquietas, inquietação; retenção urinária (dificuldade para esvaziar a bexiga); galactorreia (produção de leite fora do período de lactação).

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

Mais de: Ansitec