PUBLICIDADE

Bolsonaro volta a ter febre e é diagnosticado com pneumonia

Médicos ajustaram a dose de antibióticos para tratar o quadro de pneumonia

Nesta quarta-feira (06/02), o presidente Jair Bolsonaro teve um episódio febre (38ºC) precisou ser submetido a tomografias no tórax e abdômen, que evidenciou "boa evolução do quadro intestinal e imagem compatível com pneumonia".

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A informação foi confirmada através do boletim médico do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde ele está internado desde a semana passada. No momento, ele está sob os cuidados da Unidade de Cuidados Semi-Intensivos do local.

De acordo com o comunicado, a origem do quadro é bacteriana. Os médicos fizeram um ajuste na dose de antibióticos que estão sendo administrados para tratar a pneumonia.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

No último sábado, Bolsonaro apresentou quadro de náusea e vômitos, precisando realizar uma punção guiada por ultrassonografia e seguir utilizando a sonda nasogástrica (colocada no nariz).

Entenda o caso

O presidente Jair Bolsonaro passou por uma cirurgia em 28 de janeiro para a retirada da bolsa de colostomia que foi implantada em setembro passado, após ser esfaqueado durante ato de campanha em Juiz de Fora, Minas Gerais. Saiba mais sobre a reversão da colostomia.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A colostomia temporária feita em Bolsonaro tinha a finalidade de desviar a saída das fezes para uma bolsa coletora enquanto o intestino se recuperava do trauma causado pela lesão, evitando infecções.