PUBLICIDADE

Babyliss: aprenda a diferenciar os modelos e como fazer cachos perfeitos

Veja os tipos de babyliss e dicas importantes para evitar prejuízos no cabelo!

Você já quis ter cabelos ondulados iguais da Gisele Bündchen, mas nunca soube como reproduzir o efeito? Embora pareçam difíceis de serem feitos, muitas celebridades contam com ajuda do babyliss. No entanto, existem muitas controvérsias sobre o uso do item. Por isso, hoje iremos conhecer um pouco mais sobre o uso do babyliss, entender como usá-lo corretamente e quais os riscos; confira:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O que é o babyliss?

O babyliss é um aparelho de calor, como a chapinha, que modela o cabelo criando cachos e ondas. A temperatura do produto costuma variar entre 180ºC e 230ºC dependendo do modelo - por isso é tão importante tomar cuidado com seu uso.

De acordo com Eduardo Martins, hair stylist do Jacques Janine Moema, é preciso verificar a voltagem correta do aparelho antes de usar o babyliss. Assim como apoiar a ferramenta em local apropriado e seguro, uma vez que a sua temperatura é alta.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"É importante também o uso de uma luva termoprotetora para evitar possíveis queimaduras. Após o uso, aguarde até a ferramenta esfriar completamente por segurança", diz Eduardo Martins.

Tipos de babyliss

Todos os tipos de babyliss possuem o mesmo objetivo: modelar cachos e ondas no cabelo. Atualmente, o mercado disponibiliza uma grande variedade de modelos de babyliss, mas no geral podemos dividi-lo pela como ele define os cachos:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

1 - Babyliss fino: serve para uma definição maior de cachos;

Foto: Reprodução/Shutterstock
Foto: Reprodução/Shutterstock

2 - Babyliss médio: esse tipo cria cachos e ondas bem definidos;

Foto: Reprodução/Shutterstock
Foto: Reprodução/Shutterstock

3 - Babyliss grosso: por ter uma espessura mais grossa, ele acaba criando ondas mais naturais.

Foto: Reprodução/Shutterstock
Foto: Reprodução/Shutterstock

Além disso, é possível encontrar também modelos de babyliss específicos para conferir textura aos fios, o que acaba dando um efeito diferente para os cachos. Converse com um profissional para entender qual ferramenta é a mais adequada para obter as ondas desejadas.

Foto: Reprodução/Shutterstock
Foto: Reprodução/Shutterstock

A dica mais importante é comprar um babyliss de marca confiável e proteção térmica de preferência, conforme orientação de um profissional.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como fazer um babyliss perfeito?

Segundo o hairstylist Eduardo Martins, existem várias formas para fazer o babyliss, uma delas é separar o cabelo em mechas, finas ou grossas, envolver na ferramenta de calor e girar para dar forma ao cacho. Veja o passo a passo para fazer o babyliss:

1. Lave e seque o cabelo

2. Aplique um protetor térmico uniformemente e separe o cabelo em mechas

3. Modele da forma desejada. O ideal é manter o babyliss no cabelo entre oito e 12 segundos para não esquentar muito o cabelo. Quando for modelar os cachos: na lateral direita, posicione a mecha no babyliss fazendo com que fique modelada para trás. Faça o mesmo do lado esquerdo. Atrás, faça cachos alternados de forma que se encaixem

4. Aplique um spray de fixação após a modelagem e espalhe óleo finalizador no comprimento para soltar os cachos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"O tipo de ondulação vai depender da quantidade de cabelo você coloca no aparelho: quanto menos cabelo, mais cacheado, e quanto mais cabelo, mais ondulado", afirma Cintia Wendy.

Cuidados antes e depois de fazer o babyliss

Como dito anteriormente, antes de fazer o babyliss é essencial que o cabelo esteja limpo e seco corretamente. O hairstylist Alex Guerreiro, do Criar by Fabinho Araújo, indica o uso do protetor térmico em todo o cabelo.

Se você quiser manter os cachos firmes por mais tempo, o hairstylist Eduardo Martins sugere borrifar um spray de fixação. Em seguida, use óleo finalizador para evitar o rompimento da fibra e deixar os cachos bem soltos.

Para manter o cabelo sempre saudável e evitar o ressecamento causado pelo babyliss, procure sempre usar máscaras hidratantes, de nutrição e reconstrutoras de acordo com a necessidade do fio.

Riscos ao usar babyliss

Se você possui fios muito sensíveis ou extremamente danificados, é preciso prestar atenção ao uso do babyliss, pois ele pode acabar prejudicando ainda mais o cabelo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"O mau uso da ferramenta pode provocar ressecamento, quebra, queima ou até mesmo o rompimento total da mecha e possíveis acidentes", revela Eduardo Martins.

Erros comuns de quem faz babyliss

Segundo Martins, os erros mais comuns ao fazer o babyliss são não seguir os cuidados antes e depois, como não secar adequadamente o cabelo, isso porque devido as altas temperaturas do babyliss ao entrar em contato com o cabelo molhado pode acabar deixando ele todo quebradiço, não alinhar a fibra e não proteger o cabelo com protetores térmicos.

O que fazer se o babyliss estragar o cabelo?

Caso você note que o modelador está danificando os fios, encerre imediatamente o uso e procure um profissional para que ele possa indicar o melhor tratamento para recuperação parcial da fibra ou, em casos mais extremos, realizar um corte.

De acordo com Alex Guerreiro, o uso diário do babyliss é contraindicado e a pessoa precisa cuidar dos fios com hidratações e sempre usar o protetor térmico antes de usar o aparelho.

"Antes de usar qualquer tipo de ferramenta térmica, peça orientação a um profissional, pois o uso indevido ou sem conhecimento pode provocar acidentes e /ou danificar os cabelos", indica o hairstylist do Jacques Janine.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Diferença entre fazer cachos com a chapinha e com o babyliss

Embora o uso da chapinha seja mais comum, ela produz um calor maior, o que não é benéfico para o cabelo. Outro fato é que a prancha pode deixar o cacho marcado e sem aspecto de onda.

Por isso, se quiser fazer cachos mais bonitos e definidos, os especialistas indicam o uso do babyliss, porém com moderação.

No entanto, o hairstylist Sidney Fabri afirma que os dois itens tem poder de danificar a fibra capilar, se forem mal utilizados, se não for respeitado o tempo da mecha e se você esquecer dos produtos de proteção.

Referências

(1) Alex Guerreiro, hairstylist do Criar by Fabinho Araújo

(2) Eduardo Martins, hairstylist do Jacques Janine Moema

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

(3) Cintia Wendy, hairstylist do Cat's Vila Olímpia

(4) Sidney Fabri, hairstylist do Cat's Morumbi

(5) Rouglas Ferreira, hairstylist do Cat's Morumbi.