PUBLICIDADE

Glicerina: o que é, benefícios e como usar?

Veja como usar a glicerina para pele, unhas e cabelos

Você provavelmente já deve ter ouvido falar sobre glicerina, certo? Essa substância é usada há anos para produção de cosméticos e produtos alimentícios, possuindo diversos benefícios. Hoje iremos conhecer um pouco mais sobre a glicerina, entender quando seu uso é indicado, contraindicações e algumas receitinhas caseiras; confira abaixo:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O que é a glicerina?

O termo glicerina refere-se ao produto na forma comercial, com pureza acima de 95%. A glicerina ou glicerol nada mais é do que um composto orgânico líquido, incolor, viscoso e com sabor adocicado.

O glicerol está presente em todos os óleos e gorduras de origem animal e vegetal. Além disso, atualmente a substância também pode ser de origem sintética (proveniente do petróleo).

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

De acordo com a dermatologista Kaliandra Caineli, a glicerina vegetal corresponde ao carboidrato obtido a partir dos óleos vegetais, como o óleo de coco e óleo de palma. Já glicerina animal é produzida por meio da gordura animal, por exemplo a banha de porco.

Para que serve?

A glicerina possui propriedades emolientes, lubrificantes, umectantes, hidratantes e higroscópicas que contribuem para absorção da água na pele e nos cabelos, promovendo hidratação e maciez.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"No entanto, devemos ter cuidado ao usar a glicerina para que ela não tenha efeito oposto ao desejado. Ela precisa ser dissolvida em água, em um hidratante ou óleo para que desempenhe todas as suas funções benéficas", diz a dermatologista Carla Bortoloto.

A glicerina pode ser encontrada na composição de diversos produtos, como:

Além disso, a substância tem o poder anticongelante, contribuindo para preparar extratos de chás, cafés, refrigerantes, sorvetes e outros alimentos.

Benefícios da glicerina

Embora a glicerina tenha propriedades surpreendentes, ela não oferece nutrientes necessários para manter a saúde da pele, cabelo e unhas se usada isoladamente. Por isso, a substância deve ser incorporada em determinados produtos (citados acima).

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Benefícios para a pele

Segundo a dermatologista Carla Bortoloto, a glicerina, além de hidratar a pele, confere proteção, maciez e preserva sua elasticidade. Isso porque, ao atrair água, as células ficam mais aderidas umas às outras, conferindo proteção extra e facilitando, inclusive, a absorção de outras substâncias.

Benefícios para os cabelos

A glicerina cria uma película protetora e protege a massa capilar, impedindo que a água seja perdida facilmente quando os cabelos são expostos a ambientes muito secos e outros fatores estressantes para a saúde capilar.

"Ela também ajuda a reduzir o frizz e dá maior definição aos cabelos cacheados", revela Carla Bortoloto.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Benefícios para as unhas

Embora grande parte das pessoas não tenha muita preocupação com a saúde das unhas, o cuidado com elas é essencial assim como o da pele e do cabelo. A dermatologista Carla Bortoloto afirma que os efeitos da glicerina para as unhas são similares ao dos cabelos, promovendo hidratação, proteção e impedindo que as unhas fiquem com um aspecto envelhecido e ressecado.

Para promover esse benefício, acrescente ao hidratante algumas gotinhas de glicerina ou compre algum creme que já contenha a substância na fórmula e passe nas cutículas entre duas e três vezes por semana.

Contraindicações

Segundo Kaliandra Cainelli, a glicerina não deve ser usada na sua forma pura na pele e nos cabelos, principalmente se o ambiente estiver seco, pois a substância pode roubar água das camadas profundas da pele e dos cabelos e doar para o ambiente, deixando-os secos e desidratados.

Por ser um produto hipoalergênico, é muito difícil desencadear algum tipo de reação indesejável, porém, caso note alguma manifestação incomum, é essencial procurar ajuda médica. O risco mais perigoso do uso da glicerina é a inalação da substância.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Receitas caseiras com glicerina

A dermatologista Simone Neri alerta que qualquer produto pode causar reação de sensibilidade, até mesmo os caseiros, portanto, sempre procure sempre um dermatologista para ter mais orientações.

Veja abaixo algumas algumas receitinhas caseiras com a glicerina que podem ser feitas caso não tenha nenhuma alergia à composição:

Máscara de glicerina para peles mistas e oleosas

De acordo com Simone Neri, essa receitaé perfeita para esfoliar a pele e remover as células mortas, além de hidratar na medida certa, sem deixá-la oleosa. Para fazer você vai precisar:

1. Misture na tigela 1 colher (sopa) de glicerina líquida com duas colheres (sopa) de aveia em pó e algumas gotas de água de rosas;

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

2. Mexa até obter uma pasta cremosa;

3. Aplique e deixe agir na pele por 10 minutos;

4. Lave abundantemente com água fria.

Máscara de glicerina para cabelos

"A melhor forma de usar glicerina nos cabelos é adicionar um pouco do produto (equivalente a uma tampinha) na máscara de hidratação. Nesse caso, lave os cabelos com xampu de sua preferência, misture a glicerina na máscara e aplique-a nos fios, enluvando-os cuidadosamente. Deixe agir pelo tempo pedido pelo fabricante da máscara. Enxague e aplique o condicionador", indica a dermatologista.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Onde comprar e preço?

É possível comprar produtos à base de glicerina em farmácias, perfumarias e lojas especializadas em cosméticos, sendo a internet um dos lugares mais fáceis de encontrar a maior variedade possível desse item.

Quando comprada na sua forma pura, ou seja, sem estar misturada a um produto específico, o preço da glicerina pode variar entre dois e 30 reais.

Referências

(1) Kaliandra Cainelli, dermatologista

(2) Carla Bortoloto, médica especializada em dermatologia clínica e cirúrgica, Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia Clínico Cirúrgica (SBDCC) e da American Academy of Dermatology (AAD)

(3) Simone Neri, dermatologista da Clínica Guidoni

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

(4) Joana D'Arc Diniz - Diretora científica da sociedade brasileira de medicina estética e Diretora da sociedade brasileira do cabelo