PUBLICIDADE

Bebê de noiva que faleceu no próprio casamento recebe alta

Sophia estava internada há 70 dias, após enfrentar infecção hospitalar e trombose no coração e pescoço

Neste último sábado (23), a história de uma família que tinha começado de forma trágica teve um capítulo feliz. A filha de Jéssica Guedes, noiva que estava grávida e acabou falecendo durante o próprio casamento, finalmente teve alta da UTI Neonatal em que ficou internada por 70 dias.

A pequena Sophia nasceu de uma cesárea de emergência, no dia 14 de setembro, após sua mãe sofrer um AVC hemorrágico. O acidente aconteceu em decorrência de uma eclâmpsia, minutos antes de se casar com o pai da menina, Flávio Gonçalves. Infelizmente, Jéssica acabou falecendo.

View this post on Instagram

DEUS EXISTE ? | Quem nunca se questionou com essa frase?! Escrevo esse texto com a Sophia 👶🏽🍭 no meu peito. Sim, ela acabou de mamar e tem seu sono da beleza 💁‍♀️ . Quando tudo aconteceu questionei muito Deus, até tive uma D.R (discutindo o relacionamento) com ele! Mas por quê com ela Deus? Por quê com a Jessica? Por quê Você não me levou no lugar dela? Por quê Você fez isso comigo? O que eu fiz para merecer isso? Eu daria minha vida pela Jessica, quanta saudade meu amor, quanta saudade xuxu! Demorei um tempo para me restabelecer, afinal eu precisava né. Nos 5 primeiros dias eu não comi, eu não dormi, eu não queria saber de mais nada. Poxa vida eu só queria casar, eu só queria uma família! Mas aí a gente começa a perceber que existem milagres! Sim a Sophia 👶🏽🍭 é um milagre de Deus! Obrigado Senhor! Talvez se eu não tivesse sido bombeiro a Sophia 👶🏽🍭 não estaria aqui, eu logo percebi na igreja que era grave. Deus estava me preparando ao longo da minha vida pra esse momento extremo. Minha infância não foi nada fácil, como muitos desse Brasil a fora. Problemas de ordem familiar, pessoal, profissonal etc! A vida é dura parceiro. Sim eu sei que é. Então Deus estava ali trocando uma idéia com J.C, afinal tem muita gente precisando Deles. Meu casamento ia iniciar, eles não perceberam o que estava acontecendo comigo, estavam vendo os problemas da fome na África, dos conflitos no Oriente Médio, da seca no Nordeste... enfim, eles estavam ocupados. Mas quando se deram conta, apressaram-se e deram a Sophia 👶🏽🍭 nos meus braços. Que misericórdia! J.C (Jesus Cristo para os íntimos) toca aqui 🤜🏻🤛🏽 eu sou seu servo! 💪🏽🦁 eu fui seu melhor filho e Você me deu a dádiva de ser um pai. Gratidão! 🙏 Ahhhh... Deus existe? Deixo com vocês essa resposta. Amo vocês!

A post shared by Sophia&eu (@tenente_bahia87) on

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A menina nasceu prematura com apenas 7 meses e 1 quilo. Relembre a história de Sophia.

Complicações da incubadora

Desde então, na UTI neonatal, Sophia enfrentou uma infecção hospitalar, tromboses no coração e pescoço e passou por uma cirurgia para retirada de uma hérnia inguinal. Esse problema ocorre quando uma parte do intestino se projeta através de uma fraqueza nos músculos abdominais, formando uma protuberância geralmente na virilha.

Felizmente, Sophia não ficou com sequelas, mas precisa de acompanhamento com especialistas apenas por conta da prematuridade.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Mesmo depois de perder a sua noiva, Flávio contou em seu Instagram que se mantém forte pela sua filha e ainda compartilhou qual é o seu maior sonho agora: "Trocar a fralda da Sophia e dar de mamar. E claro, construir um hospital infantil e maternidade com o nome Francisca Jessica Victor Guedes. Para que essa história não se repita em outra família".

Após perceber que muitas mães estavam na UTI Neonatal sem o suporte de um parceiro, Flávio decidiu aumentar a conscientização das pessoas sobre os bebês prematuros e criar uma rede de assistência. Atualmente, ele promove esse tema em seu Instagram que já possui mais de 248 mil seguidores e participa de eventos.

Saiba mais sobre complicações de bebê prematuro

Os bebês prematuros têm dificuldade em manter o calor do corpo, além de estarem sujeitos a outras complicações, como as respiratórias, e reflexos de sucção e deglutição deficientes, que trazem dificuldades para a alimentação.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Além disso, alguns bebês podem apresentar retinopatia (doença visual causada pela prematuridade e uma das principais causas de cegueira na infância); além de problemas neurológicos e autismo.

Quanto mais prematuro o bebê, maiores são os riscos para sua saúde pois seus órgãos e sistemas ainda não estão completamente desenvolvidos. Mas, com os constantes avanços da medicina, as chances deles se desenvolverem normalmente e com qualidade de vida são cada vez mais altas.

Saiba mais sobre bebês prematuros

Parto prematuro: hábitos que aumentam o risco

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Bebê prematuro: características e cuidados

Conheça as necessidades do bebê prematuro