PUBLICIDADE

Quando a dieta pode engordar e fazer mal? Médico explica

Endocrinologista fala sobre os riscos das dietas restritivas e como não sofrer os efeitos reversos na tentativa de emagrecer ou manter o peso

Veja como fazer para não correr risco com as dietas - Créditos: Pathdoc/Shutterstock
Veja como fazer para não correr risco com as dietas - Créditos: Pathdoc/Shutterstock

Iniciar uma prática de dieta restritiva, aderindo a uma moda que viu na internet, pode ter efeito contrário e, no fim, acabar ganhando peso. Principalmente se for feita sem o acompanhamento de um profissional. Além disso, ainda pode ter reflexos diretos na saúde e no bem-estar.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Por exemplo, dietas de restrição de carboidratos, como a low carb e a cetogênica, não podem entrar para a rotina por muito tempo. Isso porque o principal objetivo dessa prática é apenas dar um primeiro impulso e estimular o controle do peso em todo o estilo de vida, adotando uma alimentação saudável aliada a exercícios físicos.

Mas no caso de prática por tempo prolongado, o efeito da cetogênese reduz um pouco o metabolismo, e a pessoa passa a encontrar grande dificuldade em manter o peso que conseguiu chegar. Assim, ela entra no famoso "efeito sanfona", além de poder causar alterações no humor e provocar mau-hálito.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Dieta não é para todo mundo

As dietas, assim como a maioria das coisas, não possuem uma fórmula que sirva a todos. Por isso, sempre é muito importante levarmos em conta o que nós chamamos de individualidade biológica, ou seja, cada caso é um caso que precisa ser analisado individualmente.

Por exemplo, aquela pessoa que é extremamente dependente do sabor doce, que não vive sem ele, já vai ter muita dificuldade com uma dieta de restrição de carboidratos. É aconselhável um cuidado ainda maior em idosos, crianças e mulheres grávidas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Ou ainda uma pessoa que faça muita atividade física, extremamente ativa ou um atleta, também vai encontrar grande dificuldade em adotar dieta restritivas de carboidrato, porque a principal fonte de energia para quem se exercita muito é o carboidrato (a glicose). E, além da dificuldade, ainda pode ter uma perda de massa muscular.

Riscos das dietas sem acompanhamento

Na busca pelo emagrecimento em um curto período de tempo, as pessoas acabam adotando práticas irresponsáveis. Em uma restrição alimentar descontrolada, os sintomas podem ser intensos e desestimulantes, e a pessoa passa a ter dores de cabeça, mau humor e deficiência nutricional.

Algumas pessoas param de realizar refeições ou comem menos vezes durante o dia, achando que isso vai seguir a lógica do "se eu não estou ingerindo, não estou engordando", mas nosso corpo não enxerga dessa forma.

A limitação do consumo de comida é uma espécie de aviso ao corpo indicando que algo está errado. Por isso, nosso organismo começa a reduzir o gasto calórico a fim de poupar energia para outras situações, tornando o emagrecimento mais complicado e demorado. Isso acontece porque o corpo tem seus mecanismos de auto-proteção.

Como fazer o controle do peso de forma saudável

O mais adequado para perder peso da maneira correta é, primeiro de tudo, passar por um profissional da saúde que vai prescrever a prática mais adequada para cada perfil. Ele vai levar em consideração exames, como as taxas hormonais, além do estilo de vida e os hábitos alimentares.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Alinhar uma dieta apropriada à rotina de exercícios físicos prioriza a sua saúde e te faz alcançar as metas colocadas para o emagrecimento. Cada corpo é um corpo e tem suas necessidades específicas, suas peculiaridades, e elas devem ser atendidas da melhor maneira para se alcançar seu objetivo.

É muito importante também levar em conta e respeitar as preferências alimentares de cada um, assim como compreender o contexto de vida e o estado emocional da pessoa, já que os hábitos alimentares estão diretamente relacionados às emoções.

Dicas para emagrecer saudável

10 dietas para emagrecer com saúde: veja o cardápio

Reeducação alimentar é o caminho mais seguro para emagrecer

Oito atitudes radicais que você deve evitar para emagrecer

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)